» Adicionar à minha lista de desejos

Ebook - Justiça, corrupção e jornalismo - Os desafios do nosso tempo 2ª edição

André Ventura e Miguel Fernandes

Uma obra que proporciona ao leitor uma viagem pelos meandros dos grandes casos de corrupção do nosso tempo, fornecendo novos dados e novas perspetivas sobre as negociatas de milhões e as escandalosas tentativas do poder em silenciar a comunicação crítica.

 

Mais detalhes

€ 10,50

Ao comprar este produto pode ganhar até 10 pontos com Vida. Seu carrinho totalizará 10 pontos que podem ser convertidos num vale de desconto de € 1,00.


André Ventura e Miguel Fernandes

André Ventura é cronista do “Correio da Manhã” e comentador da CMTV nas complexas áreas da segurança e justiça.
Licenciado e Doutor em Direito, é Professor na Universidade Nova de Lisboa e na Universidade Autónoma Luís de Camões, onde leciona disciplinas como Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Fiscal e Direito Internacional.
Tendo já publicados vários livros e dezenas de artigos de especialidade, é uma das vozes mais autorizadas e difundidas da atualidade em matéria de justiça e criminalidade.

Miguel Fernandes é Licenciado em Jornalismo pela Universidade Autónoma de Lisboa (1996/2000).
Trabalhou na TVI entre 2000 e 2013, tendo-se especializado em Segurança Interna e Defesa Nacional.
Foi enviado especial em vários cenários de guerra, como Israel, Kosovo, Geórgia, Senegal, Somália, Afeganistão e Líbia.
É autor do livro “Leviatã Balcânico”, editado em 2000, sobre a guerra na antiga Jugoslávia.
Faz parte da equipa fundadora da CMTV onde está até hoje como jornalista e editor executivo e apresentador do programa “Rua Segura”.

 

Um tema extraordinariamente atual. A justiça portuguesa está, mais do que nunca, empenhada no combate à corrupção e os resultados começam a surgir em diversas formas e manifestações.

Os três tópicos fundamentais deste livro – Justiça, Corrupção e Jornalismo – entrecruzam-se de forma mais dramática e atual do que nunca, o que justifica indiscutivelmente trazer a público uma reflexão sobre
estas matérias.

Justiça, Corrupção e Jornalismo proporciona ao leitor uma viagem pelos meandros dos grandes casos de corrupção do nosso tempo, fornecendo novos dados e novas perspetivas sobre as negociatas de milhões e as escandalosas tentativas do poder em silenciar a comunicação crítica.
Os autores pegam em factos, lembram casos, abrem caminho para uma reflexão profunda.
Em nome do direito à informação!
Esta obra foi construída sobre um diálogo entre os autores o que a torna um projeto inovador. A intenção é mostrar às pessoas um diálogo franco e aberto entre o mundo da justiça e do jornalismo. Apresentar as diferenças sem máscaras. Encetar a discussão sem meias medidas.

É no diálogo entre o jornalista e o jurista que se percebem plenamente as interrogações, as inquietações e onde, também, surgem as respostas abertas à critica.
Este livro é o resultado disso e acaba por ser, nessa medida, um verdadeiro debate de ideias.

Para este livro, o que importa é a relação entre a justiça portuguesa e a produção de conteúdos noticiosos.
- Onde começa e deve começar a cobertura e o acompanhamento dos crimes pela imprensa?
- Qual o papel do jornalismo de investigação?
- Em que consistem as “fugas de informação”?
- Teremos um apropriado regime sobre o segredo de justiça?
- Em que consiste verdadeiramente o “quarto poder” no Estado de Direito democrático em que vivemos hoje?
- Pode estabelecer-se um diálogo sério e frutífero entre a justiça e a comunicação social?
- É realista e desejável punir criminalmente e deontologicamente quem quebre o segredo de justiça?

Todas estas questões são parte do fio condutor deste livro.
A originalidade desta obra está no estilo aberto e dialogante em que se apresentam e expõem as ideias.
É no diálogo entre o jornalista e o jurista que se percebem plenamente as interrogações, as inquietações e onde, também, surgem as respostas abertas à critica.

Público-alvo
Este é um livro dirigido a todos aqueles que se dedicam a investigar e a refletir sobre as complexas matérias do direito à informação na sociedade moderna, nomeadamente em sede de direito constitucional e direito criminal.
Ao mesmo tempo, procura ser uma bússola orientadora para jornalistas e responsáveis de comunicação, na medida em que trata da matéria em que tocam praticamente todos os dias no exercício das suas funções.
De igual modo, este projeto foi pensado também para todos os alunos – sobretudo das Faculdades de Direito ou Ciências da Comunicação – que dão os primeiros e apaixonados passos numa área que exigirá deles o mais sério e comprometido empenhamento.
A preocupação e primordial objetivo dos autores, no entanto, é o grande público. Os milhões de homens e mulheres do nosso tempo que assistem, desde o anonimato das suas casas ou dos seus empregos, a querelas incompreensíveis e intermináveis nos tribunais, nos jornais ou nas televisões.
Os autores : André Ventura e Miguel Fernandes
Dois homens habituados a lidar com lados diferentes do palco: André Ventura, do lado da Justiça e do Direito, e Miguel Fernandes, no contexto da comunicação social investigação jornalística.

Com participação especial de Francisco Moita Flores, Rui Pereira e Carlos Anjos
Com prefácio de Rui Pereira, Ex-Ministro da Administração Interna

  • Autor: André Ventura e Miguel Fernandes
  • ISBN: 9789897681905
  • Título: Justiça, corrupção e jornalismo - Os desafios do nosso tempo 2ª edição
  • Editor: Grupo Editorial Vida Económica
  • Idioma: Português
  • Medidas: 17 x 23,5 cm
  • Nº de páginas: 208
 

Carrinho

Não tem produtos no carrinho

€ 0,00 Expedição € 0,00 Total

Finalizar Encomenda

Calendário de Formações

Encontre-nos no Facebook