promo

-50%

» Adicionar à minha lista de desejos

Histórias de Caça e Pesca … e outras verdades

Vários Autores do livro Histórias de Caça e Pesca

"....E, por isso, antes que a multidão politicamente correta da nova doutrina urbana e civilizacional queira julgar como selvagens a caça e os caçadores, ou mesmo bani-los face à lei, convinha que a sua arrogante ignorância ficasse a saber que falam do que não sabem e não percebem, e que, para infelicidade sua, jamais entenderão."
Miguel Sousa Tavares, in Prefácio

Mais detalhes

€ 7,45

Em vez de € 14,90

Não há pontos de recompensa para este produto, porque já tem um desconto.


Vários Autores do livro Histórias de Caça e Pesca

José Lemos de Carvalho
É amante da caça e da pesca desde muito jovem, praticando estas modalidades com regularidade e paixão. É, desde a sua criação em 2007, Grão-Mestre da Academia Gastronómica e Cultural da Caça.

Manuel Jorge Mesquita
O gosto pela caça e pela pesca foi adquirido desde muito jovem, nas férias que regularmente passava na Quinta da Brunheda, terrade seus pais e avós. É Vice-Contador da Academia Gastronómica e Cultural da Caça.

Mário Pedro Ferreira
Iniciou-se na formação prática de artes cinegéticas e piscícolas desde os 10 anos, entrando em atividade plena a partir dos 18 anos. Caçador e pescador solitário, desenvolveu as suas competências na matéria com inúmeros dias dedicados à faina, em zonas das mais belas e difíceis da nossa geografia.

Arlindo Marques Cunha
Criado na aldeia, a caça e a pesca são coevas da sua existência, praticando, desde que se conhece, estas modalidades. Como governante foi um dos responsáveis pela criação e desenvolvimento do regime cinegético especial e no Parlamento Europeu integrou como Vice- -Presidente o Intergrupo Caça e Pesca, constituído por eurodeputados de várias formações políticas.

Ascendino Vasconcelos é natural de uma pequena aldeia da Freguesia de Travanca, Cinfães, denominada Ortigosa, local onde passou a sua infância e parte da juventude. Foi aqui que, ainda muito jovem, começou a dedicar-se à prática da caça, por influência direta do pai que, mal completou 18 anos, lhe ofereceu como prenda a carta de caçador.

José António Pintalhão
O bichinho da caça apareceu por volta dos 10 anos, quando os seus pais lhe ofereceram uma arma de pressão de ar (Diana 25) como prenda da passagem da 4ª Classe para o Ensino Preparatório. O bichinho da pesca surgiu na sua juventude, sendo no fundo também incutida pelos seus pais, dado que lhe ofereceram uma cana de pesca e seus acessórios.

Manuel Pintalhão
Foi criado até aos 12 anos numa privilegiada e sã liberdade, numa quinta outrora localizada num núcleo rural na parte oriental do Porto, à data considerada periferia da cidade. Esta vivência na infância levou ao desenvolvimento da paixão por tudo o que está ligado ao meio rural e natureza, incluindo a caça e a pesca. É Vice-Contador da Academia Gastronómica e Cultural da Caça.

 

Este livro é um testemunho coletivo, não só dos autores dos textos, mas também de todo o grupo de amigos que coparticiparam nas vivências aqui contadas e que irá sem dúvida proporcionar momentos de boa disposição e divertimento.
São histórias de homens amantes da natureza, na terra, nos rios e do mar. (in posfácio por Jacinto Amaro Nunes Pinto, Presidente da FENCAÇA – Federação Portuguesa de Caça)

O livro está organizado em três partes: uma, Histórias de Outros Tempos, com relatos de histórias vividas há muitos anos, na infância e juventude dos autores; e as outras duas agrupando, respetivamente, as Histórias de Caça e as Histórias de Pesca, vividas ao longo das vidas de cidadãos comuns que praticam estes fantásticos desportos.

" A caça é um grande tema de reflexão e uma grande escola de vida e de valores – de companheirismo, de fair play, de conhecimento e respeito pela natureza, de paciência, persistência, de reaprendizagem de coisas primordiais e evidentes por si mesmas. E, por isso, antes que a multidão politicamente correta da nova doutrina urbana e civilizacional queira julgar como selvagens a caça e os caçadores, ou mesmo bani-los face à lei, convinha que a sua arrogante ignorância ficasse a saber que falam do que não sabem e não percebem, e que, para infelicidade sua, jamais entenderão."

                                                                                                                             Miguel Sousa Tavares, in Prefácio


“…o nosso livro pretende ser, apenas e tão-só, mais um ponto de encontro entre amigos: os que escrevem; os que são intervenientes reais nas histórias que narramos; e todos os que, de uma forma ou de outra, partilham connosco destes mesmos gostos e valores.
… A segunda razão que nos levou a escrever este livro foi deixar um testemunho público de que caça e a pesca são atividades tão normais e legítimas como quaisquer outras e, como tais, palco de múltiplas experiências e vivências.”  Autores, nota de apresentação.


“Este livro testemunha cenas de caça e pesca que foram reais. Que ocorreram em tempos e lugares precisos. Que têm protagonistas e idóneas testemunhas! Não são textos de ficção para vender papel. Por isso decidimos citar os nomes dos intervenientes e dar este título ao conjunto dessas histórias que ora publicamos.” Autores, nota de apresentação.


"Um livro que representa um contributo para que muita gente possa ter um outro olhar e compreensão sobre estas duas fabulosas atividades que o nosso País ainda pode oferecer e que podem dar um relevante contributo para o seu desenvolvimento."

                                                                                                        Jacinto Amaro Nunes Pinto, in posfácio

Excerto do livro


“Bem amassados, lá chegámos finalmente à Praia da Equimina. O cenário era devastador. A beleza do local contrastava com as ruínas abandonadas de antigos negócios e de uma ou duas pescarias, que mais pareciam uma aldeia fantasma. O Hernâni logo tratou de alugar, após dois ou três contactos, a embarcação. Tratava-se de um pequeno e bem gasto barco que só fazia jus ao nome porque ainda flutuava, não obstante a muita água e óleo existente no fundo.”

  • Autor: Vários Autores do livro Histórias de Caça e Pesca
  • ISBN: 9789897680564
  • Título: Histórias de Caça e Pesca … e outras verdades
  • Data de Edição: outubro 2014
  • Editor: Grupo Editorial Vida Económica
  • Idioma: Português
  • Medidas: 15,5 x 23 cm
  • Nº de páginas: 192
 

Carrinho

Não tem produtos no carrinho

€ 0,00 Expedição € 0,00 Total

Finalizar Encomenda

Calendário de Formações

Encontre-nos no Facebook